O mangá de Medaka Box pulveriza o anime

O anime Medaka Box foi deprimente de tão ruim. Personagens ruins, comédia estúpida, de uma hora pra outra o tema mudou de comédia escolar para lutas, etc. Aí, acontece o anúncio de que em outubro o anime vai ganhar mais uma temporada. Isso, mais o fato de que eu não tinha nada decente no meu backlog pra assistir, me levou a baixar o mangá pra ler. E eu confesso que eu me surpreendi com o que eu encontrei.

Não só isso.

O problema do começo do mangá(a parte que o anime adapta) é a pretensão. O começo de Medaka Box é o velho cenário de comédia escolar que todo mundo já viu n vezes na vida, mas levado a sério e exagerado demais. A protagonista Medaka Kurokami é a principal falha da obra. Perfeita demais, ela simplismente demonstra habilidades sobre-humanas em tudo que faz, e o resto do pessoal simplismente vai na onda. Eles se impressionam sim, mas não ao nível aceitável. Ela é mestra em quase toda arte marcial inventada pelo homem, e todo mundo só reage com um “O quê?!”. E pronto.

As coisas mudam logo depois da luta com Unzen(onde o anime acaba). O arco do Plano do Frasco(que busca desenvolver o ser humano perfeito, e obviamente plano do frasco é o melhor nome para esse tipo de situação) é o divisor de águas do mangá, onde ele deixa de tentar ser inteligente e desanda para um mangá de luta com gente mais poderosa do que deveria ser e a existência de tudo em jogo. Basicamente um Dragon Ball da vida, mas com seios no lugar de músculos. Não que eu não goste de séries inteligentes, mas eu prefiro uma obra honestamente burra do que uma que tenta ser inteligente mas não consegue. É um pouco irônico, já que esse é o arco introdutório da série, basicamente o que deveria apresentar a ambientação, o estilo de narrativa, personagens, etc., e o que acontece a partir daqui vai justamente contra o que foi apresentado.

O prosseguimento do arco do Plano do Frasco(e dos arcos seguintes, da Classe -13, da Batalha do Conselho Estudantil e da Sucessão de Medaka) dão um destaque maior aos membros restantes do Conselho Estudantil, com uma provável exceção da Kikaijima, que continua tendo um desenvolvimento abaixo da média, algo que pode ser corrigido no arco atual, onde ela acaba por assumir uma posição mais central. O arco da Sucessão de Medaka desenvolve bastante Akune e principalmente Zenkichi, que ganha destaque ao “cair na armadilha” de Ashinin e sair do lado de Medaka pela primeira vez em 12 anos e a enfrentar como inimiga, tudo pelo amor que ele sente por ela.

Contudo, a melhor contribuição para Medaka Box pós-arco introdutório foi dada pelo estudante transferido e fracassado nato Misogi Kumagawa. Eu não gosto muito desse tipo de personagem, o que fica botando banca de tipinho inofencivo pra depois se revelar como enviado de Lúcifer. É óbvio demais, como foi aqui. Mas ele basicamente equilibrou o mangá. Se antes Medaka era quase onipotente, Kumagawa agora é o outro lado da balança, que anular as capacidades dela. Agora, ela não teria a mesma facilidade de antes. Não que ele passe a ser um antagonista, mais para anti-herói, mas ele coloca vários obstáculos o caminho de Medaka ao curso da série(como a aliança com as candidatas no arco da Sucessão).

Por fim, é meio difícil saber até quando essa farra vai durar. MB costuma ficar sempre nas últimas posições nos rankeamentos semanais da Shonen Jump, e seus 13 volumes até agora venderam pouco mais de 3 milhões de cópias, pouco mais de 230 mil cópias por volume(longe de ser um hit). O arco atual, o primeiro logo após a vitória de Zenkichi na eleição do conselho estudantil, vai ser crucial para o desenvolvimento dos personagens dele próprio e, principalmente, de Medaka, que reconheceu a derrota(logo, ser imperfeita), e agora começou a procurar um novo sentido pra vida.

A segunda temporada, marcada pra outubro, vai adaptar o arco do Plano do Frasco, que é justamente quando as coisas começam a melhorar. Só resta a Nisio Ishin parar de brincar de dicionário e dar um rumo decente ao mangá. Mas enquanto estivermos livres dos shenanigans harém de Bakemonogatari, vai ficar tudo bem.

Anúncios
Esse post foi publicado em Mangás e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s