Resumo mensal – outubro de 2012

BTOOOM! (eps 1-4)


Embora eu não acho que BTOOOM! seja uma maravilha, eu também não considero que seja uma porcaria total. Esses primeiros episódios fizeram um trabalho até que relativamente bom em mostrar as estórias pessoasi de cada um dos personagens centrais, claro que em ir muito fundo. Eu só acho que a revelação de como eles foram parar na ilha veio cedo demais, em vez de fazer disso o grande mistério a ser descoberto pelos personagens. E eu acho que é um problema quando, numa série de ação de 13 episódios, você só vai ter uma luta decente no 4º.

Code:Breaker (eps 1-4)


Code:Breaker, errr… Acho que é cedo demais pra dizer se o anime é bom ou ruim, mas eu não venho gostando muito do que vem sendo apresentado. Basicamente tem esse pessoal com poderes que fazem serviços escusos, e essa menina fica perturbando o protagonista por motivo nenhum para ele parar com isso. Eu posso jurar que eu já assisti algo semelhante, só não lembro o que era. O pior problema do anime talvez seja a Sakura, querendo forçar ese idealismo barato de não machucar ninguém e mandar o Oogami parar. Dizem que é tudo que ela faz no mangá, como é que o pessoal aguenta ler, então? Eu até gosto do Oogami, eu acho que a gente precisa mais desses protagonistas distorcidos moralmente, que não sejam sempre bonzinhos, mas considerando que ele está sempre acompanhando pela Sakura.

JoJo’s Bizarre Adventure (eps 1-4)


Se você gostará ou não de JoJo depende totalmente do fato de você levar a sério ou não o que está acontecendo. Ou se o fato de tudo ser exagerado é intencional ou apenas uma consequência da adaptação direta do mangá(que eu não li ainda, então eu não posso julgar isso.) Como alguém consegue levar a sério o que vai acontecendo é um mistério pra mim, tudo é tão extremo, como tem gente que espera algo sério aqui? Muita gente reclamou da animação, mas eu acho que casou bem com o clima do anime. É um daqueles exemplos de que se tivesse uma animação “comum” não seria a mesma experiência. E essas viagens artísticas são muito legais. E o encerramento. E o Speedwagon.

K (eps 1-4)


1/3 da série já se foi, e K ainda não mostrou a que veio. Até agora o maior destaque é mesmo a animação(daonde o estúdio GoHands tira tanto dinheiro?), porque em todos os outros quesitos o anime deixa a desejar. Para uma série com tanto hype, a decepção é bem forte. Eu vi gente comparando K com FLCL, mas isso é de fazer rir. Tudo bem que K até agora tem sido bem aleatório e sem nenhum rumo certo, mas FLCL ao menos tinha personagens mais interessantes e, acima de tudo, um propósito que combinava com a pretensa falta de rumo. K, por outro lado, não tem nada, fora os visuais bonitos.

Hunter x Hunter (eps 46-49)


Aprofundando ainda mais o Genei Ryodan, o legal desse mês foi ter dado mais destaque justamente aos membro do bando. Principalmente na quetão do Nobunaga e o Uvogin, mostrando um pouco mais do personagem dele o GR foi além de ser só um grupo de meros bandidos movidos por motivos comuns, e mostra que existem alguns laços mais profundos entre eles. Não só isso, mas toda aquela ladainha sobre as utilidades do Nem se mostrou útil, principalmente no episódio da perseguição, o que mostra o como a ambientação é bem planejada. Eu tinha certos receios, mas agora eu posso dizer: HxH é um dos melhores animes em andamento atualmente.

Magi (eps 1-4)


Ainda não me surpreendi com Magi. Esse arco de introdução pra mim não foi nada de mais, simplismente eles zeraram a dungeon e pronto. Mas agora começam a aparecer pistas de algo mais grandioso, como a presença de outros djins(outros magis?). E também, esse quarto episódio expandiu a ambientação, indo além da cidade e mostrando mais do mundo em si. Um ponto negativo é como a animação decaiu. Se ela já não era boa no primeiro episódio(que deveria ter animação top de linha pra atrair espectadores), os episódios subsequentes deixaram muito a desejar. Como isso é possível, sabendo que dinheiro é o que não falta pro A-1 Pictures?

Muv-Luv Alternative: Total Eclipse (eps 15-17)


Alguém por favor me explique, se conseguir, porque é que esse pessoal resolve fazer um torneio entre os países? E a invasão alienígena? Combinaram um cessar-fogo? É incrível o quão ridículo esse anime pode ser, e ainda jogando esses trechos de harém pra cima da gente. Eu entendo que o anime é baseado no que é considerada a melhor visual nove de todas, e essa questão do torneio parece indicar que existem até intrigas políticas no enredo(algo que toda aquela questão do rifle também já indicava), mas com a adaptação nesse nível parece só um monte de idéias jogadas juntas sem nenhum tipo de coesão ou coerência.

Psycho-Pass (eps 1-3)


O fato de eu me lembrar de GitS: SAC não foi mero acaso, então. Psycho-Pass está sendo abordado da mesma maneira: espisódios stand-alone, cada um com seu crime sendo resolvido, ao mesmo tempo demonstrando e expandindo a ambientação. A diferença é que as duas temporadas de SAC cada uma teve seu enredo, que foi sendo mostrado durante as séries e resolvido no final. Eu acredito que vai ser a mesma coisa aqui. O problema é que existem certos erros nessa ambientação. Por que explodir alguém espalhando sangue e tripas por todo canto(ep 1), algo que criaria desconforto mental? Eles não querem previnir esse desconforto? E daonde torturar alguém para arranjar diversão (ep 3) não escurece o psycho-pass das pessoas? Isso é uma prática saudável, por acaso?

Robotics;Notes (eps 1-3)

Essa cena foi tão bem feita que eu imaginei que o robô ia explodir.

Por ser ambientada na mesma linha temporal de Steins;Gate, todo mundo já estava pronto pra glorificar R;N. Infelizmente a realidade é cruel, e o anime até agora ficou abaixo do esperado. Não tem nem um pingo da tensão ou do enredo do antecessor. Tudo bem que S;G também demorou pra mostrar a que veio, mas Robotics;Notes tem vários defeitos que precisa corrigir. O principal são os protagonistas, Kaito e Akiho, cujas personalidades são extremamente irritantes. E também o jeito com que a estória se desenha, parecendo ser só uma adaptação qualquer de eroge. Existe potencial pra mais aqui, basta lembrar que S;G também teve seus momentos de clichês harém, mas as coisas precisam mudar. E muito.

Shin Sekai Yori (eps 1-5)


Forte concorrente a anime do ano, com toda certeza. A construção, as revelações do enredo que vão sendo dadas pouco a pouco, a ambientação, quase tudo aqui é perfeito. Talvez o único ponto que ainda decepciona sejam os personagens, mas ainda existe muita margem para evolução. Também, é impressionante o quanto foi revelado, mas ainda existe oculto. Por exemplo, mais alguém aí pensa como eu, de que esses rato mutantes já foram humanos? Pela reação de usar o Poder neles causa, é o que se deduz. E se você ficou animado com a quase-cena de sexo no episódio 5, os leitores do livro original fizeram esse guia(traduzido pelo que vos fala). Contém spoilers.

Sword Art Online (eps 14-17)


Sword Art Online acabou, aêêêê. Mas tem outro jogo depois, ahhhh. É incrível como esse pessoal pula de um jogo pra outro sem nem pensar em consequência nem nada, parece eu quando tinha 9 anos de idade. Aliás, esse é um ponto interessante, muita gente fica tão focada na droga de cap. 16.5 que nem percebem essa progressão idiota na novel original: eles saem de um jogo(SAO), vão pra outro(o atual, ALO), depois que eles saem desse, eles vão pra outro jogo(eu não me lembro qual), e depois voltam pra SAO. É bom ou não é?

Falando sobre os episódios em si, teve muuuuita porcaria. Tipo, muita mermão. Como é que pode a própria prima/irmã do cara não reconhecer ele? Eu, que só conheço ele a alguns meses, reconheci, e a menina passou a vida inteira do lado dele e não reconhece? Já é a tal da implantação de memória em andamento? E eles acham que enganam alguém mesmo com essa história de servidor, quando é óbvio que é só uma maneira fácil de deixar o kirito forte sem trabalho? E o maldito Kayaba? Mata mais de 2 mil pessoas e nem se lembra o motivo? Isso é só uma armadilha pra pegar trouxa, pra fazer o anime soar inteligente. Eu sei, já vi isso antes. E essa piveta da Yui, de novo? Que encosto chato.

Uchuu Kyoudai (eps 27-30)


Essa construção para o lançamento do foguete foi simplismente fantástica. E essa cena da imagem deve ter sido a coisa mais bonita da temporada até agora. Nada mais a acrescentar.

Zetsuen no Tempest (eps 1-4)


Se não fosse por Shin Sekai Yori e seu enredo fantástico, eu diria que Zetsuen é a surpresa da temporada. Eu não esperava nada de mais dele, mas até aqui não tem sido de todo ruim. Existe um equilíbrio entre a ação e a exposição que não torna o anime nem muito “burro” nem exigente demais. Embora o pessoal começar a citar Shakespeare de uma hora pra outra pra soar inteligente foi o fim da picada. Eu também achei muito interessante a maneira com que a mágica funciona. No começo eu imaginei que era só um rip-off de FMA(de ter que oferecer algo em troca), mas é um pouco mais complexo que isso. Depende do nível da tecnologia oferecida. Uma ótima sacada, que faz com que o anime não dependa de power-levels tipo DBZ.

Anúncios
Esse post foi publicado em Resumos mensais e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s