Sword Art Online é um horror


Desespero, sofrimento, luta pela sobrevivência. Era isso que todo mundo, ou pelo menos eu, esperava de Sword Art Online. Milhares de pessoas ficam presas num jogo, as vidas deles dependendo disso, um conceito de ouro que poderia ter váriso desdobramentos, personagens diversos lidando com situações extremas e tudo mais. Talvez seja por isso, por ter uma idéia tão promissora, que a execução pareça ser mais terrível ainda.

SAO é dividido em dois arcos principais, o arco de Sword Art Online em si, e o de Alfhein Online. O arco de SAO apresenta os personagens principais e alguns do jogo conceitos que serão explorados no decorrer da série. Conta a estória de Kirito, que se define como um lobo solitário mas que surpreendentemente vive cercado de gente, e ele não parece ser muito incomodado com esse fato. O arco de SAO conta a estória de como ele constrói um harém enquanto nada acontece ao redor dele.


Nada, não. Até que existe um esforço nos episódios iniciais pra mostrar que existe gente desconfortável com a situação. Gente se suicidando, gente enlouquecendo, tudo mais. Obviamente, esse foco logo é mudado, e passa a ser como Kirito, que é apresentado como um personagem solitário(já é forçado para nós que ele é um NEET, sem nenhum tipo de desenvolvimento do como ou porquê), passa a ajudar diversas pessoas nas mais estúpidas e diversas tarefas possíveis. Curiosamente, a maior parte dessas pessoas sendo garotas. Enquanto tinha gente que definia SAO como uma mistura de .hack com espadas, é mais fácil defini-lo como uma mistura de To LOVE-Ru com MMORPGs.

Por exemplo, muita coisa do que acontece é implicada, ou falada, mas não mostrada. Obviamente, mostrar algo tem mais impacto do que falar em algo, e qual é a graça em simplismente dizer que milhares de pessoas morreram se nós sequer vemos isso. Vemos, isso sim, três ou quatro pessoas sendo mortas, algumas outras se suicidando, mas isso falha em passar toda a carga do desespero que as pessoas aparentemente estão sentindo. E quando isso acontece, é basicamente como se esse desespero nunca tivesse existido. Fora as várias coisas sem sentido que vão acontecendo, a apresentação da série também tem falhas, como gastar metade do arco de SAO com episódios slice of life, mais ocupados em mostrar a dinâmica do jogo, que quase nunca é explicada direito, do que em fazer o enredo prosseguir adiante.


O que mostra o quanto a direção é ruim. Em vez de colocar o enredo em força total desde o começo, foi gasto mais tempo com side stories das novels, que não constribuíam em nada com a estória e mais mostram os jogadores aproveitando o jogo, ou seja, todo o clima que o primeiro episódio constrói, em querer demonstrar uma tragédia, logo se perde. Eles acabam conseguindo localizar a mente por trás disso tudo dentro do jogo, o causador de toda essa confusão. Ele é derrotado, e quando é perguntado sobre o porque de ter feito tudo aquilo, o que ele fala? Que não lembra. Exato, milhares de pessoas morreram por nada. Eu ainda não entendo direito o que tentaram fazer aqui… Tentaram fazer com que o vilão parecesse filosoficamente profundo? Ele acabou só parecendo um idiota.

A parte que eu acho mais legal seja o período de transição entre SAO e ALO. Asuna e mais vários jogadores não acordaram, enquanto grande parte das pessoas passou a jogar Alfhein Online. Asuna inclusive tem um casamento marcado, mesmo estando em coma, algo que ninguém parece estranhar ou reclamar muito. Deve ser algo muito comum no Japão. Quando Kirito descobre que Asuna está presa em ALO, ele começa a jogar para poder salvá-la. O interessante é que ele faz isso mas sem nenhum tipo de conflito, como ter acabado de sair de uma experiência de quase-morte e partir para outra semelhante sem nenhuma preocupação. Isso poderia ter gerado um desenvolvimento interessante do personagem dele, mas é tudo desperdiçado, porque afinal não seria legal se ele parecesse fraco.


E se você acha que faz sentido ele pular de um jogo pro outro depois do que ele passou(ou que não faria sentido ele ter dúvidas), eu pergunto, se você tivesse sido forçado a nadar por dois anos diretos, sendo que se você parasse voxê seria morto, você teria coragem de sequer olhar pra uma piscina o resto da sua vida? Mas eu acho que, se houvesse uma bela sereia querendo ter seus filhos, provavelmente sim, e caso não tenha entendido, eu estou sendo sarcástico.

Ele só tem uma semana até o casamento, mas ALO repete a falha do arco anterior e é incapaz de transmitir qualquer senso de urgência, de que o que está acontecendo é uma batalha contra o tempo, que ele tem que se apressar. Ele parece mais se divertir jogando junto com a nova adição ao harém, Leafa, que na verdade é a prima-barra-imouto dele(um detalhe que ele obviamente não sabe). Só isso já mata totalmente o clima do arco, que é mais de diversão furreca do que algo que induz desespero ou angústia, tipo Kaiji. Outro detalhe interessante é que ALO utiliza os mesmos servidores que SAO, o que mostra que realmente governos ou polícias não servem pra nada. Ninguém pensou mesmo em lacrar ou apreender os troços para que ninguém pudesse mexer, a não ser os investigadores? Ninguém percebeu que isso aconteceu?


E ninguém vê que isso de usar os mesmos servidores é só uma desculpa esfarrapada pro Kirito já chegar no jogo overpower, sem ter que perder tempo com treinamentos nem nada? E provavelmente pra trazer de voltar o encosto do século, a Yui. O curioso é que a própria Asuna chega a escapar do confinamento, mas ela acaba sendo pega, e o jeito com que isso acontece faz você pensar que na verdade ela queria ser capturada de novo. De qualquer maneira, o noivo da menina em coma(que curiosamente é “dono” de ALO) acaba se tornando o vilão dessa segunda parte da série, e ele é tão desenvolvido quanto o resto do elenco. Nós não sabemos as motivações dele fazer o que faz com a Asuna, ele é simplismente é apresentado como um sujeito muito mal e nós temos que engolir isso.

Caso você não tenha percebido ainda, os personagens(ou a maneira com que eles são desenvolvidos) são incrivelmente idiotas. Kirito, por exemplo, é apresentado como um anti-social, mas o que levou ele a virar um não é mostrado, isso é simplismente imposto para a audiência. Nós também não vemos ele tendo uma vida difícil no “mundo exterior”, fora de casa, sendo mal-tratado por colegas de classe, notas baixas, nem nada. Então, o quê? Não bastasse isso, ele sempre diz que prefere não se juntar a guildas ou grupos, ou seja, não quer se relacionar com ninguém, mas ele sempre aparece ajudando outras pessoas. Isso não pode ser um desenvolvimento, já que é tudo vindo de lugar nenhum, ele não tem nenhuma “epifania” ou mudança de pensamento que faz com que ele vire social. Ele simplismente vira e pronto. Isso não é desenvolvimento de personagens, isso é idiotice.


Asuna é apresentada como a vice-líder da segunda guilda mais poderosa de SAO. Como isso acontece? Quem precisa saber. Mas realmente é um mistério interessante, já que nós nuca vemos ela lutando, já que a principal habilidade dela é pedir ajuda ao Kirito em vez de se cuidar sozinha. Ah, e fazer sanduíches. Ela orgulhosamente gasta os pontos de habilidade dela na skill cozinhar. Realmente faz muito sentido, afinal como seria possível aguentar um mundo selvagem onde todos matam para sobreviver sem pratos gourmet do mais alto requinte? Ela acaba se apaixonando pelo Kirito, porque ele estava lá e ela chega e o sol estava se pondo e um dos melhores casais dos animes. É muita emoção, ninguém seria capaz de entender isso.

Talvez a coisa mais idiota que já disseram com relação a SAO é o romance, como falar que Kirito e Asuna formam um dos melhores casais da história dos animes. Isso é uma ofensa a qualquer casal, real ou fictício. Em qualquer romance, o essencial é a personalidade dos envolvidos. Desenvolver a personalidade dos integrantes do casal gera um romance melhor do que colocar dois quaisqueres dizendo “eu te amo” um pro outro, o que nem pode ser considerado romance de verdade. O Kirito é o típico caso de “depressão em vez de personalidade”, mostram ele como um cara chateado fingindo estar demonstrando a personalidade dele; quanto a Asuna, a maior demonstração de amor por parte dela é que ela faz sanduíches.

Até a união entre uma porta e uma maçaneta tem mais amor que a relação desses dois.


A animação tem altos e baixos. Sim, existem mais altos que baixos: algumas cenas são muito bem animadas, principalmente as de ação, mas as cenas onde existem um declínio da qualidade são justamente as mais lentas, teoricamente mais fáceis de animar. Isso é um grande problema, afinal SAO foi um sucesso de vendas(enquanto estava sendo exibido), logo falta de dinheiro não foi. Era pra tudo ser lindo e perfeito, animação suave ou violenta quando necessário. Fora isso, nada mais. O storyboard é bom, o que significa que, mesmo que algumas cenas de ação não tenham o melhor dos visuais, ao menos outros detalhes como ângulo da câmera podem manter a atenção.

SAO poderia ter sido fantástico, quase perfeito. Infelizmente, foi pelo caminho contrário: quase tudo aqui foi rum: o drama, o “romance”, a direção. As cenas de ação talvez se salvem, mas é impossível pra algo se sustentar apenas nos visuais. Acabou sendo só mais um na longa lista das boas idéias que tiveram uma péssima execução.

Anúncios
Esse post foi publicado em Animes e marcado , . Guardar link permanente.

15 respostas para Sword Art Online é um horror

  1. cheffercs disse:

    Concordo é um horror, não sei porque diabos tem gente endeusando este anime, sendo que ele não passa de mero clichê mal feito.

  2. Pingback: Bunkasai #02 – Opiniões Difusas. « Quarto de Nanquim!

  3. leonardo disse:

    Esse anime é mt bom , vcs que ficam reclamando de coisa q n tem !
    vcs são aqueles q estragão os animes , em vez de gostar.

  4. Linkoto disse:

    Obrigado por ser um dos únicos no Brasil que acha que sword art online é um lixo, eu não sei como tem pessoas que gostam disso

  5. Sempre me incomodou como é difícil achar no Brasil gente que concorda que SAO é um lixo; eu mesmo farei um post sobre esse anime no meu blog eventualmente. Desde o começo, SAO não era nada revolucionário, mas tinha potencial para ser pelo menos decente- Potencial que foi negligenciado agressivamente pelo autor Reki Kawahara.

    Tem muitas coisas erradas com esse anime, e o fato dele ser tão popular faz com que pessoas que não assistem anime pensem que todos os animes são como SAO, o que é triste. No ponto em que estamos, está bem claro que Kawahara está explorando o mau gosto das pessoas para lucrar ao insistir em não terminar esse lixo de série logo. Ele mesmo admitiu em algumas entrevistas que a história é, basicamente, péssima, mas ninguém dá a mínima, por quê quem tem o mau gosto de gostar disso nunca vai ser convencido.

  6. Rosane disse:

    Vejamos, tem razão em dizer que SAO tem defeitos ( me diz aí qual anime não tem ), mas é muito simples dizer que um anime “X” é um lixo, com todo respeito, mas acho que não prestou atenção no noivo da Asuna, ele capturou Asuna porque o pai dela é muito importante no qual não me lembro do que e porque ela é rica, segundo, porque ele parece ter uma afeição obcena por ela e ele sabe que o namorado dela é o melhor jogador de VRMMORPG, no qual venceu o Jogo da Morte, Sword Art Online e que ele simplesmente se diverte em incomodar e perturbar alguém como Kirito, que fica claro que Kirito possa ser perigoso para ele, só em demonstrar o que ele fez com Sugou ( noivo da Asuna ) no final de SAO 1, já demonstra o “romance idiota e tosco que você diz” pela Asuna, tirando os detalhes de que ninguém conseguiu ir até aonde ele foi, mesmo se todo mundo fosse amarrado com ele junto, tirando detalhe que ele é um iniciante e com POUQUÍSSIMAS OU MELHOR, NENHUMA HABILIDADE ADQUIRIDA, isso pode ser um defeito ou pode ser proposital, para intensificar o romance, QUE NÃO FOI ESCLARECIDO ANTES, porque esse romance ainda estava no inicio, e nada começa com algo grandioso e de impacto imediato em um romance, esse negócio do sanduíche você diz que tosco e idiota, MAS E DAÍ, Hinata e Naruto também tiveram um romance com um CACHECOL, se fosse por isso, eu poderia dizer que eles são mais uns idiotas casal do mundo dos animes, sendo que todo mundo ama eles.

    Segundo, gostaria de dizer que seria bom você ver SAO 2, porque em GGO ( Guns Gale Online )
    nada foge do drama e dos massacres que ocorrem, pois afinal, o próprio GGO foi criado com o objetivo de matar outras pessoas e nada mais curioso e intrigante para apimentar o anime do que CRIME, assassinato e tentativa de assassinato na vida real dentro do jogo, formando um verdadeiro Sword Art Online assassino, veja também o filme que vai lançar brevemente que vai misturar a realidade com jogo sem precisar de um NeverGear e depois surgirar um novo Arco, Arco 4, Underworld, Projeto Aciliziacion ou PA se preferir, envolvendo Jogadores e pessoas do jogo se envolvendo e muita maluquice, seja no jogo ou mundo real,

    E muito importante lembrar que irá surgir o principal problema que vocês reclamam tanto: NÃO APARECER A FINALIDADE DO JOGO COM OS DESESPEROS E SUICÍDIOS QUE TANTO SE DIZ NO PRIMEIRO ARCO, pois é, irá surgir agora mais um projeto que irá mostrar tudo que aconteceu durante os 2 anos no jogo, no qual vocês dizem ser o maior problema do anime.

    Obrigada pela atenção e paciência, respeito suas opiniões, mas nada do que acontece ou deixa de acontecer nesse anime está lá sem nenhuma razão e nada é tolice por apenas parecer ruim.

    E desculpas pelos spoiles!

  7. Não Interessa disse:

    Até agora me pergunto o motivo deste post idiota… Uma única questão : De que adianta você escrever essa droga falando mal do anime? Não sei se você sabe, mas falar mal de anime “x” não vai fazer com que ele venda menos… De nada serve a opinião de vocês que não gostam, afinal, os que gostam (grande maioria) compraram e fizeram do anime um “megahit”. Geralmente, tenho cuidado ao falar sobre esse tipo de post, sempre falo de um jeito educado sem intenção de atacar, mas acho excessivamente idiota como vocês haters se preocupam em deixar a opinião de vocês em todo lugar. O anime é bom e isso é fato. Algo não deixa de ser ruim por que meia dúzia de pessoas não gostam. Obrigado pela intenção…

  8. Arri disse:

    não da pra levar a serio

  9. Fernando disse:

    Não sei como eu vim parar aqui mas eu perdi vários minutos da minha vida lendo um texto bem ruim, e eu nem sou um fã do anime putasso com o texto, é por que ele é mal escrito, o autor não sabe se expressar. Depois eu vi que o blog não funciona mais, talvez por que não conseguiu atrair leitores com textos tão ruins

  10. Rafael Amaral disse:

    Sinceramente, eu assisti Sword Art Online e gostei, o problema de voces é querer mudar a opinião das pessoas, anime bom ou não, quem decide é quem tá assistindo, pois cada um tem seu gosto de anime, eu só mais daqueles que quer ver ação e por isso mesmo que gostei de SAO por ter otimas cenas de ações e fazer o iinesperado, porque vamos ser sinceros, o anime ficaria legal com o Kirito todo episódio lutando com algum monstro para passar de nivel?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s