Pré-temporada – Inverno de 2012/13

Acho que todo mundo já sabe como esse negócio funciona, né? Um post mostrando os animes da próxima temporada, apresentando detalhes como sinopse, estúdio de produção, diretores, roteiristas, site oficial e número de episódios(se disponível). Eu tomei a liberdade(e o trabalho extra) de disponibilizar links para que você conferisse os trabalhos anteriores do estúdio/diretor/roteirista, e tirar suas próprias conclusões.

Tudo em ordem alfabética, para a alegria dos perfeccionistas de plantão.

Algumas explicações antes: títulos em verde significam animes originais, títulos em vermelho querem dizer que é adaptação de alguma coisa(LN, VN, arcade, mangá, etc.), para os que se preocupam com esse tipo de estatística. Eu comentei apenas as séries de TV, OVAs e filmes eu deixei de fora.

Você pode dar uma olhada nos charts da temporada clicando aqui e aqui.

Atualização: você agora pode clicar aqui e ver os horários de exibição dos animes da próxima temporada. Detalhe: as horas não estão no horário de verão, então lembre-se de adicionar uma hora a cada.

Então, é só continuar lendo para saber mais sobre os animes da próxima temporada.

Ai Mai Mii

Estúdio: Seven
Diretor: Itsuki Imazaki
Roteirista: Não Divulgado
Episódios: ?
Site Oficial

O anime segue as 4 integrantes de um clube de mangá(Ai, Mai, Mii e Ponoka-sempai), que, quando não estão desenhando mangá, podem estar envolvidas em várias situações absurdas.

Como se já não bastasse Little Busters! como anime de clube(ou seja, mostrando um grupo de crianças mentalmente debilitadas se “divertindo”), agora isso. As sinopses que eu peguei pela net dizem que se trata de “humor surreal”, seja lá o que isso quer dizer. Talvez valha a pena conferir só o primeiro episódio, considerando que esse tipo de anime não acaba sofrendo muitas alterações no decorrer da jornada.

Amnesia

Estúdio: Brain’s Base
Diretor: Yoshimitsu Oohashi
Roteirista: Touko Machida
Episódios: ?
Site Oficial

Na manhã de 1º de augusto, a heroína acorda e descobre que não possui absolutamente nenhuma memória do passado. Um garoto aparece diante dela, e se apresenta como sendo um “espírito” chamado Orion, que guiará a heroína a recuperar suas memórias.

Na verdade eu até gostei dessa sinopse, mas existem vários fatores que sinalizam desastre aqui: baseado numa VN para mulheres, que conseguem ser mais irritantes que os típicos eroges para homens; a roteirista de Lucky Star e Sengoku Paradox, que não são exatamente conhecidos pelo enredo complexo(ela também escreveu o mais recente Idlom@ster, mas como eu não assisti, não posso dar julgamento); e o diretor não tem muita coisa boa no currículo, talvez o melhor seja Witchblade, que é legal mas nada fantástico. Feito pelo estúdio Brain’s Base, que tem uma boa história(Natsume Yuujinchou, DRRR!), e que significa que ao menos Amnesia vai ter uma boa animação.

Bakumatsu Gijinden Roman

Estúdio: TMS Entertainment
Diretor: Hirofumi Ogura
Roteirista: Tatsuto Higuchi
Episódios: ?
Site Oficial

Ambientado em Kyoto no século XIX, o anime sege Manjiro, que de dia ajuda as pessoas na cidade, e de noite ele recupera as coisas que as pessoas poderosas tomaram das mais pobres. Ele acaba por se envolver em uma conspiração nacional.

BGR é baseado num jogo de pachinko com character designs do veteraníssimo Monkey Punch. Adaptações de pachinko são uma mancha negra na história dos animes(Rio: Rainbow Gate, Sengoku Otome), mas esse ai menos tem um conceito interessante, embora eles conseguiram a proeza de trazer o diretor de Area no Kishi. Eu vou dar o benefício da dúvida ao senhor Ogura e preferir acreditar que a obra original é que era ruim, não as habilidades dele. Mesmo que o roteirista não tenha experiência com séries completas(apenas escrevendo alguns episódios aqui e ali), vale a pena assistir só pelos designs do autor de Lupin III e pelo sinopse que pelo menos promete alguma coisa.

Boku no Imouto wa “Oosaka Okan”

Estúdio: Charaction
Diretor: Koutarou Ishidate
Roteirista: Koutarou Ishidate
Episódios: 12
Site Oficial

Depois de 10 anos separados, Kyousuke e a irmã mais nova dele, Namika se reencontram. É quando ele descobre que ela viou uma enérgica tsundere de Osaka .

RIP milhares de neurônios meus. Aprendam essa regra pessoal: se tem imouto ou onii-chan no título, o anime muito provavelmente vai ser uma droga. Duvido que esse vá ser exceção. Se vocês realmente querem assistir um anime de curta duração e engraçado, deviam ir ver Usavich em vez de perder tempo com isso.

Cuticle Tantei Inaba

Estúdio: Zexcs
Diretor: Susumu Mitsunaka
Roteirista: Makoto Nakamura
Episódios: ?
Site Oficial

O detetive particular Hiroshi Inaba é um ser criado juntando os DNAs de humano e lobo. Ele adquire informações provando e examinando o cabelo das pessoas. Ele, junto com seus parceiros Yuuta(um sádico que gosta de se vestir de mulher) e Kei(um adolescente “aparentemente” normal, tentam capturar Don Valentino, um bode criminoso.

Eu não sei qual sinopse estragou mais o meu cérebro, essa ou a de “Boku no Imouto…”. Por algum motivo que eu desconheço isso me lembra Inukami!. O responsável pela direção é um novato, o roteirista é o mesmo de Seitokai Yakuindomo(ok) e princess Lover(blergh), o que pelo menos indica que comédia(ou tentativas de comédia) não vai faltar. Produzido pelo estúdio Zexcs, que nunca fez nada decente(talvez Sukitte Ii na yo, mas como eu não assisti…). Cuticle Tantei Inaba parece ser o típico anime que você assiste pra fazer piada depois.

D.C. ~Da Capo III~

Estúdio: Não Divulgado
Diretor:Kenichi Ishikura
Roteirista: Kenichi Ishikura
Episódios: ?
Site Oficial

Parte da franquia Da Capo. Kiyotaka é um estudante que faz parte do jornal da escola, junto com mais um gazilhão de haremetes que eu não vou listar aqui nem a porrada. Um dia, todos os membros do jornal recebem uma mensagem em seus celulares dizendo para eles fazerem alguma coisa em um lugar prometido quando as cerejeiras começarem a florescer. Eles não conseguem entender o resto da mensagem, mas se surpreendem quando descobrem que ela é datada de 1951. Rikka(uma das haremetes) motiva as outras haremetes e Kiyotaka a solucinar o mistério por trás da mensagem

Viagem no tempo, ambientação de visual novel… Me lembra Steins;Gate. Então, porque qualquer um com a mente sã iria perder tempo assistindo isso quando se tem um material obviamente superior com as mesmas características?

GJ-bu/Good Job Club

Estúdio: Doga Kobo
Diretor: Yoshiyuki Fujiwara
Roteirista: Hideaki Koyasu
Episódios: ?
Site Oficial

Eu honestamente acho que uma sinopse aqui é desnecessário.

Por que tanto anime de clube? Do mesmo roteirista de Akikan!. Esse promete ainda mais do que AMM!.

Hakkenden: Touhou Hakken Ibun

Estúdio: Studio Deen
Diretora: Mitsue Yamazaki
Roteiristas: Mitsue Yamazaki, Osamu Yamasaki
Episódios: ?
Site Oficial

Cinco anos atrás, a vila de Ootsuka foi quase dizimada por uma doença trágica. Mas, misteriosamente, três pessoas sobreviveram: uma garota e dois garotos. Agora morando em uma igreja, os três vivem isolados, escondidos daqueles que os procuram. Shino, um dos sobreviventes, tem controle sobre Murasame, a lâmina da vida. Mas quando a Igreja Imperial procura tomar Murasame para eles próprios, a pacífica vida dos três termina…

Hakkenden, pra quem não sabe, é um clássico da literatura japonesa, contendo 106 volumes escritos durante mais de três décadas. Ou seja, tem muita coisa que pode ser animada. Inclusive já existe uma adaptação em anime de Hakkenden, que dizem ser fiel à fonte. Quanto a esse Hakkenden, julgando pelo estúdio e staff, parece ser mais focado no fanservice para fujoshis, e ainda contando com uma diretora inexperiente. Eu até achei a sinopse interessante, mas a probabilidade de falhar é muito grande. E eu também duvido que, apesar do título, o anime realmente vá ter hakken.

Ishida to Asakura

Estúdio: DAX Production
Diretor: Pipya
Roteirista: Kenichi Yamashita
Episódios: ?
Site Oficial

Uma comédia surreal lidando com dois estudantes, Ishida e Asakura.

Faz um bom tempo que eu já desisti de animes de comédia. A última coisa que realmente me fez rir foi National Quiz. Também tem tanta coisa errada com relação aos produtores: o estúdio é praticamente novato quando se trata de animação, sendo mais experiente lidando com engenharia de som; o roteirista(e principalmente o diretor) tem um currículo praticamente inexpressivo. Mas eu ainda vou dar uma chance pra Ishiasa só por causa da premissa, uma comédia envolvendo estudantes. Me lembra de um dos meus animes de comédia favoritos, Cromartie High. Sim, só por isso. Como se ser similar a Cromartie fosse algo errado.

Kotoura-san

Estúdio: AIC Classic
Diretor: Masahiko Oota
Roteirista: Takashi Aoshima
Episódios:
Site Oficial

Uma estória de fantasia escola que acompanha Haruka Kotoura, uma garota que se transfere para uma nova escola. Ela consegue ler as mentes das pessas, e acaba entrando para o clube paranormal da escola.

Kotoura-san me dá uma vibe Seitokai Yakuindomo… talvez porque envolva estudantes transferidos? Do mesmo diretor de Mitsudomoe e Yuru Yuri, nada mais justo considerando que envolve comédia escolar. Não parece envolver nada mais grandioso, tipo mistério, nem nada, então, provavelmente conferir o primeiro episódio, se for tão surpreendentemente bom quanto o de Mitsudomoe…

Love Live!

Estúdio: Sunrise
Diretor: Takahiko Kyougoku
Roteirista: Jukki Hanada
Episódios:?
Site Oficial

A escola Otonokizaka corre risco de fechar por falta de estudantes. Então, um grupo de 9 alunas forma um grupo de idols para aumentar a popularidade da escola.

Considerando o quanto Idolm@ster vendeu, não só o anime mas o game também, era só questão de tempo até surgirem outros querendo nadar na mesma piscina(de dinheiro). Temporada passada tivemos Aikatsu, nessa mesma já temos a segunda temporada de AKB0048. Um diretor sem muita experiência e um roteirista que mais escreveu adaptações do que originais já devem dar um exemplo do que esperar de Love Live!. Se você gosta de moe ou idols talvez seja pra você. Pra mim eu sei que não é.

Mangirl!

Estúdio: Doga Kobo
Diretor: Não Divulgado
Roteirista: Não Divulgado
Episódios: ?
Site Oficial

Garotas com nenhuma experiências com mangás lançam uma nova revista de mangás.

Sabe, todo mundo vive dizendo que o Japão vive uma crise desde os anos 90 e tal, esse tipo de anime mostra que isso é mentira. Se tem gente gastando dinheiro criando e publicando o mangá, gente gastando dinheiro comprando a ponto de despertar a atenção de um estúdio, e gente gastando dinheiro pra produzir uma animação, como é que um país assim pode estar em crise?

Maoyuu Maou Yuusha

Estúdio: Arms
Diretor: Takeo Takahashi
Roteirista: Naruhisa Arakawa
Episódios: ?
Site Oficial

A estória é ambientada em um mundo envolvido numa guerra entre Humanos e Demônios. O maior herói dos Humanos invade o castelo da Rainha Demônio determinado a derrotá-la. Mas, em vez de lutar, a Rainha propõe uma aliança. Ela explica que, como os Humanos se uniram para derrotar os demônios, com uma vitória nessa guerra eles voltariam a brigar entre si. Convencido por essas paavras, o Herói se une à Rainha e juntos executam um plano para trazer prosperidade e paz para ambos Humanos e Demônios.

Tendo provavelmente a sinopse mais interessante da temporada, Maoyuu pode tanto ser algo muito bom quanto um fracasso: o estúdio Arms não tem lá o melhor dos históricos(Ikkitousen, Queen’s Blade, Elfen Lied); o diretor Takeo Takahashi já dirigiu grandes porcarias(Cosprayers, Aki Sora) e também Spice and Wolf, que é fantástico. Maoyuu compartilha da mesma ambientação medieval com toques de fantasia de Spice and Wolf, então só resta torcer que vá pelo mesmo caminho.

Mondaiji-tachi ga Isekai kara Kuru Sou Desu yo?

Estúdio: Diomedea
Diretor: Yasutaka Yamamoto
Roteirista: Noboru Kimura
Episódios: ?
Site Oficial

Izayoi Sakami está de saco cheio do mundo. Um dia, ele recebe um envelope. Quando Izayoi abre o envelope, ele é transportado para um mundo alternativo. Lá, ele descobre que outras duas “crianças problemáticas” também receberam envelopes: You Kasukabe e Asuka Kudou. Uma garota chamada Kuro Usagi invocou os três para ajudar a comunidade No Name a derrotar o demônio.

AKA Chuu2byou S2. Pelo menos é o que eu acho, já que eu não assisti Chuu2byo. Produzido pelo estúdio diomedea, especializado em(significando só sabe animar) coisas moe, diretor e roteirista sem nada de especial no currículo. Na verdade, interpretando melhor, a sinopse lembra mais Dog Days. Não é interessante que eu falei mais de outros animes do que do anime em questão?

Nekomonogatari (Kuro)

Estúdio: Shaft
Diretor: Tomoyuki Itamura
Roteiristas: Fuyako Azuma, Akiyuki Shinbo
Episódios: 4
Site Oficial

Mais uma entrada na franquia -monogatari. Essa estória acontece entre Kizumonogatari e Bakemonogatari, mostrando mais da personagem Tsubasa Hanekawa.

Embora eu ainda tenha que descobrir o que há de tão especial na série -monogatari, eu também não acho que seja uma coisa horrorosa. Eu não gostei de Nise, mas botam pra dirigir logo o diretor dele. Enfim, é -monogatari, seja o que for, deve ser assistido, porque com certeza único vai ser. E caso você esteja se perguntando, ainda não há informação de quando Shiro vai ser animado.

Ore no Kanojo to Osananajimi ga Shuraba Sugiru

Estúdio: A-1 Pictures
Diretor: Kanta Kamei
Roteirista: Tatsuhiko Urahata
Episódios: ?
Site Oficial

Eita Kidou é um estudante normal. Ele é um ótimo aluno e leva uma vida normal junto com ssua amiga de infância, Chiwa Harusaki. Um dia, a garota mais bonita da escola, Masuzu Natsukawa, confessa seu amor por ele, mas na verdade ela só quer ter uma falso relacionamento para que outros rapazes não perturbem ela. A bagunça começa quando a “ex-namorada” de Eita, Himeka Akishino e a “noiva” dele, Ai Fuyuumi, aparecem.

Certo, próximo.

Puchimas! Petit IDOLM@STER

Estúdio: Gathering
Diretor: Mankyuu
Roteirista: Não Divulgado
Episódios: ?
Site Oficial

Mini-anime de 2 minutos por episódio, que apresentará as idols de THE IDOLM@STER junto com misteriosas criaturas chamadas puchidols, sendo que cada puchidol é uma versão chibi de uma idol.

Se vende bem, vão arranjar qualquer maneira de arrancar mais dinheiro dos trouxas fãs.

Sasami-san@Ganbaranai

Estúdio: Shaft
Diretor: Akiyuki Shinbo
Roteirista: Katsuhiko Takayama
Episódios: ?
Site Oficial

Sasami é uma hikikomori tão desmotivada que nem vontade de trocar a roupa ela têm. Quem cuida dela é o irmão, embora ela deteste isso. Ela passa o dia vendo o que acontece no mundo exterior através da “Ferramenta de Observação do Irmão” no computador. No mundo exterior, as três belas irmãs Yagami e o irmão de Sasami estão no meio de relacionamentos dignos de comédia romântica.

Parece ser só um harém qualquer. Mas enfim, é do mesmo estúdio de Bakemonogatari, que por algum motivo todo mundo gosta, então talvez devêssemos dar um pouco de crédito.

Seios Senran Kagura

Estúdio: Artland
Diretor: Takashi Watanabe
Roteirista: Takao Yoshioka
Episódios: ?
Site Oficial

Alguma coisa a ver com ninjas e cotidiano escolar que eu sinceramente não vou me dar o trabalho de pesquisar/traduzir porque obviamente ninguém vai assistir isso aqui por causa da estória. Baseado num jogo do Nintendo DS, e você já sabe que é uma porcaria porque não é Mario e nada que a Nintendo produza que não envolva o Mario é uma droga.

Eu faria um pacto com todos os demônios catalogados pela humanidade pra que houvesse uma adaptação de videogame que realmente valesse a pena, tipo Left4Dead, ou Metal Slug. Mas nãããão, eles tem que forçar Queen’s Blade: Versão Escolar na gente. Agora eu entendo porque o Japão tem taxas de suicídio tão altas.

Senyuu

Estúdio: Ordet
Diretor: Yutaka Yamamoto
Roteirista: Michiko Yokote
Episódios: ?
Site Oficial

Satan Rchimedes retorna ao mundo depois de ter sido selado mil anos atrás por um herói. O rei tenta prender Satan novamente enviando descendentes do herói, mas como procurar pelos descendentes seria trabalhoso ele escolhe 75 pessoas que parecem ser heróicas. A aventura acompanha o herói nº 45, Alba, e seu acompanhante Ross.

Parece ser até legal, um shounen sem pretensão nenhuma, mas olha só quem nós temos aqui, Yutaka Yamamoto. Ele disse que se aposentaria caso Fractale fosse um fracasso de vendas. Fractale foi um fracasso de vendas, então o que ele tá fazendo aqui? É por isso que mamãe manda vocês estudarem, pessoal.

Tamako Market

Estúdio: Kyoto Animation
Diretora: Naoko Yamada
Roteirista: Reiko Yoshida
Episódios: ?
Site Oficial

O anime conta a estória de Tamako, uma estudante cuja família opera uma loja de mochi.

Sinopse de uma frase hooo, promete bastante. Do mesmo pessoal responsável por K-On. Eu nem sei o que esperar, já que eu nunca assisti K-On.

Vividred Operation

Estúdio: A-1 Pictures
Diretor: Kazuhiro Takamura
Roteiristas: Kazuhiro Takamura, Hiroyuki Yoshino
Episódios: ?
Site Oficial

Uma ficção científica protagonizada por uma menina de 14 anos que mora com o avô e a irmã mais nova em uma ilha artificial.

Eu até posso suportar isso se não for tão vazio quanto Strike Witches é. Sei lá, só colocar personagens com mais personalidade, em vez dos clichês sem calça de sempre. Difícil fazer isso? Aparentemente sim, mas eu vou honestamente assistir o primeiro episódio, e quem sabe até o resto. Afinal, eu aguentei Strike Witches, porque não aguentaria esse?

Yama no Susume

Estúdio: 8bit
Diretor: Yuusuke Yamamoto
Roteirista: Não Divulgado
Episódios: ?
Site Oficial

Aoi, uma garota que tem acrofobia; e Hinata, uma menina que adora montanhas; são amigas de infância. As duas decidem escalar uma montanha para ver mais uma vez ver o sol da manhã do seu topo, como elas faziam quando era mais novas

Yama no Susume pode ser tanto uma viagem de descoberta, com muito desenvolvimento de personagens e drama bem construído, ou pode ser também algo totalmente voltado para o moe. Qual, não é possível saber, já que o sr. Yamamoto tem um currículo bem… variado, tendo sido diretor de Welcome to the NHK! e roteirista de Haibane Renmei, e ainda participações em animes hentai e Aquarion Evol. Se eu lesse o mangá, eu poderia dar um julgamento melhor, mas pelo menos assistir o primeiro episódio(serão só 5 minutos por episódio) não deve fazer mal, não importa a direção que o anime tome.

Zettai Karen Children: The Unlimited – Hyoubu Kyosuke

Estúdio: Manglobe
Diretor: Shishou Igarashi
Roteirista: Shinichi Inotsume
Episódios: ?
Site Oficial

Um spin-off de Zettai Karen Children, tendo Kyousuke Hyoubu como personagem principal.

Eu não assisti nem o ZKC original, quanto mais um spin-off baseado em um dos coadjuvantes.

E agora, as continuações/segundas temporadas, algumas das quais eu não me importo por não ter assistido a primeira.

AKB0048 Next Stage

Estúdio: Satelight
Diretor:
Roteirista:
Episódios:
Site Oficial

Mais AKB0048.

Boku wa Tomodachi ga Sukunai Next

Estúdio: AIC Build
Diretor: Tooru Kitahata
Roteiristas: Kurasumi Sunayama, Tatsuhiko Urahata
Episódios: ?
Site Oficial

Segunda temporada de Boku wa Tomodachi ga Sukunai.

Chihayafuru 2

Estúdio: Madhouse
Diretor: Morio Asaka
Roteiristas: Ayako Katou, Yuuko Kakihara
Episódios: ?
Site Oficial

Segunda temporada de Chihayafuru.

Um dos meus maiores arrependimentos é ter ignorado a primeira temporada de Chihayafuru. Agora que existe uma segunda, é um sinal de que eu deva tomar vergonha na cara e ir assistir tudo.

Hetalia: The Beautiful World

Estúdio: Studio Deen
Diretor: Hiroshi Watanabe
Roteirista: Kazuyuki Fudeyasu
Episódios: ?
Site Oficial

Quinta temporada de Hetalia.

Eu gostaria mais de Hetalia se tivesse mais humor e menos fanservice para fujoshis, o que significa que eu gostaria de Hetaia se deixasse de ser Hetalia, hhhehehe. A troca de staff com relação a temporadas passadas mexeu um pouco com as fãs, mas com esse novo roteiristta(com passagens por Monster e Hajime no Ippo) e o diretor de Jigoku Shoujo, a coisas podem melhorar. Porque pior não poderia ficar.

Minami-ke Tadaima

Estúdio: Feel
Diretor: Keiichirou Kawaguchi
Roteirista: Takamitsu Kouno
Episódios: ?
Site Oficial

Quarta temporada de Minami-ke.

Então é isso. Esses são os principais animes que passarão na TV japonesa nos próximos meses. Pra mim, essa temporada tá bem mais fraca considerando a atual(outono), mas tudo bem. Avisando que esse post será atualizado com novas informações, como dia e horários de exibição, assim que possível.

Anúncios
Esse post foi publicado em Pré-temporadas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Pré-temporada – Inverno de 2012/13

  1. Erick Dias disse:

    Ha, acho que você foi meio extremista em alguns comentários, mas tá okays.

    Eu tenho uma queda por animes slice-of-life de garotinhas, e me apego facilmente a um título apenas por causa do estúdio, diretor ou um dublador em particular; então mesmo não criando expectativas altas em quase nenhum anime, há vários que tenho vontade de assistir. Ai mai Moe, Maoyuu Maou Yuusha, Tamako Market, Sasami-san, Boku wa Tomodachi 2, Mangirl!, Gj-bu… me interessei em mais da metade, praticamente.

    Curioso que esta é apenas o segundo post que vejo com comentários e detalhes sobre a próxima temporada, sendo que o primeiro foi o que fiz no blog que participo, AnimeCOTE =F. Geralmente a essa hora os blogs mais populares já teriam publicado seus comentários e apostas, estranho…

    • Juumonji disse:

      Também já faz muito tempo que não consigo criar expectativas em torno de um anime. Acho que com o tempo você perde a sensibilidade ou algo assim.

      Como o meu blog é novo, eu pensei que ia ganhar mais destaque ou fazendo esse tipo de post primeiro, ou botando o máximo de conteúdo possível. Ai acabei fazendo os dois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s